SES_9761

A verdade é que todo mundo tem motivos pra rir e motivos pra chorar.

Tudo depende do lado da moeda que você quer focar.

Já faz um tempo que eu pratico o melhor exercício de todos: o agradecimento. A gente começa em marcha lenta e logo estamos agradecendo até em tempos de seca.

Esse exercício permite que eu não perca as coisas lindas que acontecem ao meu redor.

Como coleciono coisas que eu amo neste espacinho, parece que a minha vida é perfeita… mas isso aqui é só um recorte de tudo que eu vivo e sinto… e é o recorte que eu quero me lembrar.

Esses dias li um texto tão tão tão tão lindo… ele girava em torno de uma questão: espero que você viva uma vida que te dê orgulho.

Aquilo mexeu comigo.

Falava de que quando estamos no nosso leito de morte nós não lembramos dos diplomas que conquistamos ou do dinheiro que ganhamos e gastamos; pensamos nas pessoas que amamos e nas experiências que tivemos.

E eu fiquei feliz de ver que eu vivo uma vida da qual me orgulho. Vivo de acordo com meus valores, não maltrato ninguém, sou cercada de gente querida, tenho a sorte de amar o meu trabalho.

Ei, quando estiver dirigindo, ou tomando banho… assim, meio distraído, faz essa pergunta a si mesmo, tá? Porque se a resposta for não, tudo bem :) É só fazer uma listinha de coisas que podem te levar a mudar a resposta e por em prática.

Outra coisa que eu li e que é muito sério é que ser feliz exige esforço (essa veio de um dos blogs mais lindos que tenho lido, o FÊliz com a Vida. Uma menina linda se jogando no mundo e compartilhando pesquisa/insights sobre felicidade!)

A gente tem que lutar pelo que quer e correr atrás… nossa felicidade tá sempre tão perto – pra não dizer que está dentro (e está!). Mas a gente tem que querer.

Tudo isso pra falar de alguns momentos que têm me deixado tão feliz :D

– em janeiro dei mais um workshop aqui em SP… e é uma loucura, fico dias dormindo 2 ou 3 horas pra poder preparar tudo, fico com medo de não agradar, de não dar o meu melhor… mas quando acaba tudo vale tanto a pena! Sou invadida por uma onda gigante (maior do que as que tem no Havaí!) de carinho! De abraços carinhosos, de imagens verdadeiras e de palavras que derretem o coração!

– no mesmo dia do workshop, uma menina muitoooo fofa que conheci na minha palestra do ano passado, a Jéssica, me mandou um email lindo dizendo que tinha ganhado do namorido uma sessão de tatuagem… e que ela queria me homenagear. Olha o que ela fez:

tattoo_jessica

Na hora que eu vi, meu coração acelerou… como assim eu inspiro alguém a ponto da pessoa querer fazer uma tatuagem em homenagem à minha? Eu fiquei tão feliz! Isso transcende qualquer objetivo que eu já tive! Eu que bebo em tantas fontes, que sou inspirada por tanta gente… agora tb inspiro gente fofa! É demais de bom :D

Nossa… Jé, sinta-se abraçada pelo seu aniversário e mais uma vez obrigada pelo carinho! Qualquer dia faremos uma foto das nossas tattoos juntas ;)

– algumas pessoas comentaram aqui no blog que queriam mais posts… que passam aqui todo dia pra ver se tem mais… e isso tb me deixa muuuuito feliz! Eu amo blogar, mas realmente a vida de fotógrafa, empresária, dona-de-casa, esposa e mãe de caninos deixa pouco tempo pra eu passar aqui e fazer o que gosto. Vivo me prometendo que vou me esforçar mais, mas na loucura do dia-a-dia a atividade que posso pular é escrever no blog :/ Mas tenho me estruturado cada vez melhor pra conseguir fazer mais e mais coisas que eu amo :)

– a Melina me fez pagar o maior mico do mundo gravando um vídeo com ela sobre momentos engraçados da nossa viagem… é duro a gente aparecer em vídeo se achando uma baleia orca e ainda odiando a própria voz… mas voltando à felicidade, quando a gente larga de besteira e vive de verdade… nada importa! As gargalhadas que eu dei vendo esse vídeo são impagáveis!!! Como é bom ser bobo, né? É de graça e faz o dia tão mais leve e divertido!!!

E pra encerrar com chave de ouro… eu prefiro ser feliz do que ter razão :)

♥,
S.

PS: foto do “abre” feita pela Melanie lá em Paris!

tchibum!

2014 chegou quente e ligueiro… já estamos em fevereiro! o_O

Tenho taaaanta coisa legal pra dividir aqui… mas tô sempre enrolada, atrapalhada, atrasada… (o ano muda, a pessoa não :P)

Não viajei, não tive férias… o que pra mim é quase um castigo :) Mas tudo por um bom motivo que logo logo eu conto aqui!

Mas a minha rotina sem rotina tem tantas vantagens… como por exemplo poder se refrescar no meio da tarde dando um delicioso tchibum :D

Paro tudo, coloco o maiô mais lindo do mundo, passo rímel e batom vermelho, pego a câmera, a Isadora e… piscina!

Em 5 minutos de clique a Isa fez esses registros lindos da minha pessoa! hihihihi

Sério, gente… fotografia é mágica! Não tem nenhum photoshop nessas fotos pra emagrecer, aumentar, esticar, tirar espinha… eu só mexi nas cores, enquadramento, brilho e contraste… Aí quem me vê ao vivo e acima do peso ideal não acha que seja possível que eu tenha ficado tão bem nas fotos… mas sensibilidade + ângulo bom é tudo nessa vida! Por isso que eu acredito taaaanto no ensaio Todo Dia Tanta Beleza que eu ofereço pras pessoas que querem um registro LINDO e VERDADEIRO de quem elas são :)

Resultado: escolhi uma foto pro meu perfil, ganhei uma montanha de comentários e likes e fiquei me achando linda :D hahahaha!

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11

♥,
S.

Na semana passada eu chamei a Isadora pra tomar um sorvete.

Quem me tem no facebook já sabe o final dessa história: fomos assaltadas em frente ao meu prédio. Ficamos sem sorvete, sem nossas bolsas (e outros pertences) e sem paz.

Na hora dá um misto de tristeza, revolta, impotência e vazio que a gente não consegue controlar. Dá vontade de ganhar colo. De ficar quieta. De não se expor.

Mas o tempo é sempre o melhor remédio. Tempo e açúcar :)

Não vim escrever sobre mimimi; vim compartilhar afeto pá-pum em forma de cookie.

Procurando uma receita delícia de biscoito pra presentear algumas pessoas queridas no natal, eu acabei encontrando esta: cookie de Nutella com 3 ingredientes!

o_O

Sério! 3 ingredientes!

Antes de correr pro mercado comprar Nutella, pesquisei em inglês a mesma receita e achei outras proporções dos mesmos ingredientes e variação grande do tempo de forno.

Então, o que vou compartilhar com vocês é o que eu fiz (uma média de tudo que eu li!) e que deu super certo – sabor incrível, textura perfeita e facilidade nível kids!

Vamos lá!

biscoito3

Cookie de Nutella

ingredientes:

– 1 ovo (prefira sempre orgânico!)
– 1 xícara de nutella (foi quase o potinho inteiro de 350g)
– 1 xícara de farinha sem fermento

ah, você vai precisar de papel manteiga pra “untar” a assadeira!

modo de preparo:

Comece ligando o forno em 180ºC. O tempo de preparar a massa é o tempo de pré-aquecer o forno (10 minutos).

Misture o ovo com a Nutella. Em seguida adicione a farinha aos poucos. Comecei usando uma colher pra misturar, mas conforme colocamos a farinha, a massa vai ficando pesada. Ficou melhor mexer com as mãos mesmo! O ponto final é uma massa homogênea que desgruda das mãos. A minha ficou bem “molhada”.

Forre a assadeira com papel manteiga. Faça pequenas bolinhas – fiz do tamanho de um brigadeiro – de massa e coloque na assadeira. Achate as bolinhas usando o fundo de um copo ou os próprios dedos. Leve ao forno por aproximadamente 17 minutos.

Eu fiquei monitorando os cookies a partir dos 6 minutos. Estavam bem brilhantes ainda. É importante tirá-los do forno ainda moles porque quando esfriam, eles endurecem. A medida que usei foi ver rachaduras na superfície. Como eu amassei as bolinhas com o fundo de uma xícara, eles estavam bem lisinhos. Assim que racharam, tirei do forno! Sugiro que você monitore seus cookies a partir dos 12 minutos – lembre-se que cada forno é diferente!

Espere esfriar e voila! :)

Cookies crocantes por fora e macios por dentro! Lembra uma textura de brownie!

biscoito2

biscoito1

Receita aprovadíssima, já entrou pro caderninho junto com o meu famoso bolo de milho :)

♥,
S.

PS.: me desculpem a overdose de turquesa!

Se alguém me perguntasse, 1 més atrás, se eu queria ter uma árvore de Natal cor-de-rosa, a minha resposta seria não.

Mas essa mesma resposta mudou de ‘não’ para ‘quero mais que tudo no mundo’ em fração de segundo: aconteceu no instante que vi esse post da Mel.

A Marie não é de um cor-de-rosa qualquer; ela é uma árvore algodão-doce-pink-lemonade-cor-de-bala-mastigável-de-morango que combinaria muuuuito com a minha parede turquesa! <3 Fui à caça: Extra, Wal Mart, Etna, Pão de Açúcar... e nada. Aí mandei uma mensaginha desesperada pra Mel: pelamordedeus! Me arranja uma irmã da Marie! :) E logo a resposta 'Já comprei! te mando amanhã!' Estava louca pra deixar a minha árvore linda, fazer fotos, compartilhar e agradecer publicamente a minha guria jacu, mas também queria muuuuito que meu aparador novo chegasse… e ele chegou! E hoje foi montado!

Estou apaixonada pela minha sala e pelo clima de Natal que invadiu a nossa casa.

Ah, faltou falar só de um detalhe… quando coloquei as luzinhas e as bolinhas, a árvore ficou muito menininha. E esse apê não é só meu, né? Tem um rapaz (muito gato) morando aqui comigo. Precisava de alguma coisa que deixasse mais com a nossa carinha. E aí… PLIM! A ideia chegou, testei e amei! E foi assim que descobri que a nossa árvore era muito macho. Com vocês, Mr. Pink Lemonade :)

01

08

06

02

05

03

04

07

Melanie, muuuuuito obrigada por deixar a minha casa mais linda e com cheiro de panetone de morango! Amo vc :)

♥,
S.

proteção

Quero compartilhar um dos momentos TOP da nossa viagem pra terra da rainha: o dia em que Melina, Tolga e eu viramos “tattoo brothers” :)

Ah! Quase que a gente vai embora de Londres sem nossa tatuagem-na-viagem. Mas no penúltimo dia nós conseguimos! Fomos no estúdio mais lindo da cidade e fizemos nossas tatuagens com o David Kafri, super artista.

Você pode ver a cobertura completa dessa aventura neste post da Mel (tem foto, vídeo, links!). Vou usar meu humilde espacinho pra falar da minha nova tatuagem <3

pra ver as fotos, liga o som!

 

>> nem dói fazer tatuagem, quase nada :)

01_tattoo
02_tattoo

>> fico super concentrada pra não mexer, quase não respiro!

03_tattoo
06_tattoo

>> quando vi o guarda-chuva assim, só no contorninho, me deu vontade de deixar sem o sombreado! Eu estava apaixonada! Mas o David não deixouuu! hahaha – ainda bem!

04_tattoo07_tattoo08_tattoo09_tattoo

>> quando o tatuador limpa a área e você vê aquela coisinha preta-preta-preta na sua pele dá uma alegriaaaaa! :)

10_tattoo

fotos feitas pela minha jacu preferida :)

Agora senta que lá vem a história!

>> por que um guarda-chuva?

Tantos pontos diferentes se conectam a esse símbolo… então vamos por partes.

Um dia eu descobri que eu era feita de água. Não só os 70% da nossa composição corpórea; mas também no que não podemos ver. Sou do signo de escorpião, que é do elemento água. Amo mar, piscina, cachoeira, torneira, regador e qualquer outra coisa feita de água. Patinar no gelo (que é água em outro estado!) me faz chorar. Amo chuva e nuvem. E nunca carrego um guarda-chuva.

Em 2007, ano que me formei na faculdade de fotografia, fiz meu TCC em cima de alguns símbolos. Sempre gostei de saber o significado das coisas. Nunca me atraí pela beleza desprovida de explicação (isso vem do meu conflito emocional x racional, lá do meu mapa astral). Foi o ano em que minha avó materna morreu. A mulher que me criou, me ensinou a rezar, me deu amor incondicional e me protegeu de todo o mal. Nas minhas pesquisas pro TCC, descobri que guarda-chuva significa proteção (meio óbvio agora!). E então incluí guarda-chuva nas minhas fotos e foi também a forma como entreguei o trabalho: um guarda-chuva com monóculos pendurados.

Em Londres, eu reencontrei a minha avó paterna. Duas tardes inteiras pra nós duas, depois de 15 anos sem vê-la. E me veio toda essa lembrança da conexão incrível que eu tinha com a minha outra vó. Na verdade, ainda tenho.

Outro motivo é: não dá pra sair de casa sem um guarda-chuva em Londres! O tempo varia absurdamente em poucos minutos. E eu, pela primeira vez, carreguei uma sombrinha na mochila (tô pulando a parte do dia que não saí com guarda-chuva e a garoa virou tempestade e eu me encharquei!!!)

E se você olhar o topo deste blog… é ele! O mesmo guarda-chuva que carrego na coxa agora :)

A ideia do guarda-chuva apareceu (voltou!) e era simplesmente perfeita. Seria uma lembrança da minha vó e o reencontro com minha nana (jeito carinhoso de dizer vovó em inglês!), um símbolo de proteção, um objeto com a cara da Inglaterra, feita num estúdio lindo com amigos queridos.

Estou feliz e apaixonada pela tattoo nova :)

♥,
S.

um

SES_9668

E então que cheguei aos 33 mais velha e mais louca do que nunca :)

Foi assim, quase sem querer, que a vida foi passando, intensamente, lentamente, imprevisivelmente diante de mim. E eu, atriz principal especializada em improviso.

Mas o meu número da vez não é 33. Meu número agora é um. Não, não é numerologia ou superstição. é que, pela primeira vez na vida, eu me sinto uma pessoa inteira, plena. Claro que esse sentimento é resultado de anos de terapia, do trabalho intensivo da minha família e amigos nas nossas relações e da participação especial do meu marido, que me aceitou muito antes que eu mesma pudesse me aceitar. E o processo de descoberta dessa pessoa que ele ama também me ajudou a me amar.

Vou falar sem falsa modéstia o quanto tenho orgulho de mim por todas as minhas conquistas. Esse ano ainda teve muitas feridas que foram cutucadas à exaustão. Doeu muito. Mas finalmente aprendi a evitar as causas e tratar das consequências.

As pessoas que amo, amo com todo meu coração. Tenho vivido o presente como ele merece ser vivido: como um presente. Não tenho arrependimentos do passado e claro que sonho com o futuro; mas quando penso no amanhã, apenas desejo estar inteira como estou hoje. Pronta pra enfrentar dores e desafios e celebrar as conquistas e pequenas coisas.

Hoje eu sou quem eu nasci pra ser. Estou no caminho certo do meu aprendizado pessoal. Tenho certeza de que a vida ainda reserva muitas surpresas pra mim e estou pronta pra continuar crescendo.

Uma amiga minha me disse que o que eu tenho não é sorte; é merecimento. E eu resolvi acreditar.

Peço pro universo muita saúde. O resto a gente batalha e consegue.

Agradeço todos os dias pela minha vida, pelo meu corpo (que é perfeito até com as suas infinitas imperfeições), pelas minhas pessoas e pelas minhas experiências.

♥,
S.

SES_9823

SES_9679

(esses dois retratos foram feitos pela talentosa Melina Souza <3)